Update privacy choices
Esportes

Goleiro que ajudou a derrubar Loss foi dispensado pelo São Paulo

Yahoo Esportes
Pelo Ceará, Éverson voltou neste ano ao Morumbi, onde jogou de 2003 a 2010 (Fernando Dantas/Gazeta Press)

Herói da vitória do Ceará contra o Corinthians, nesta quarta-feira, o goleiro Éverson foi revelado no São Paulo. Mas, por opção dos dirigentes da base do Tricolor, acabou dispensado em 2010, antes mesmo de estrear pelo time profissional. Éverson nunca conseguiu ser titular absoluto nas categorias de base – foi sempre reserva de Léo – e não teve seu contrato renovado quando tinha 20 anos de idade.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O goleiro já havia sido emprestado ao Guaratinguetá quando seu vínculo com o Tricolor se encerrou. E não houve sequer uma proposta para prorrogação. A alternativa para o goleiro foi se mudar em definitivo para o Guaratinguetá, onde ficou por quatro temporadas na reserva de Jaílson, atualmente no Palmeiras.

Éverson chegou ao São Paulo com 13 anos de idade, depois de passar em uma peneira. Teve como companheiros Oscar, Breno, Sérgio Motta, Wellington… Nascido em 1990, concorria com Léo pela condição de titular em todas as categorias e costumava entrar quando o rival era convocado para a seleção brasileira.

Mesmo depois de ser reserva em duas edições da Copa São Paulo de juniores, Éverson acabou sendo promovido ao time principal com 19 anos e teve a chance de realizar o sonho de conviver com Rogério Ceni, seu grande ídolo no futebol. Foi por inspiração no Mito que ele começou a bater faltas e pênaltis.

Goleiro em ação pelo time sub-17 do Tricolor (Arquivo pessoal)

No fim dos treinos, Rogério Ceni e Éverson passavam bastante tempo treinando cobranças juntos. O ídolo dizia que gostava de enfrentar Éverson nos pênaltis porque o jovem não tentava adivinhar o canto com antecedência.

Mas a parceria foi interrompida meses depois, com o empréstimo para o Guaratinguetá, onde conseguiu o acesso para a elite do futebol paulista e fez boa campanha no Brasileiro da Série B. No fim do empréstimo, o Tricolor tinha quatro goleiros no elenco principal e abriu mão de renovar com Éverson, que optou por seguir no Guará.

Leia mais:
– Rivaldo rasga elogios à Richarlison e aconselha: ‘Precisa ter calma’
– “Se Zidane tivesse ficado no Real Madrid, eu teria saído”, diz Ceballos
 Morata sobre saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid: “um dia ele vai explicar o motivo”

Reações

Leia também