Update privacy choices
Esportes

Galvão diz que discurso de Andrés de não priorizar Libertadores é “besteira gigantesca”

TV Esporte Blog
Yahoo Esportes
Galvão não gostou da fala de Andrés Sanchez. Foto: Reprodução

Ao fim da transmissão da vitória do Corinthians sobre o Colo-Colo por 2 a 1 que culminou com a eliminação dos brasileiros da Copa Libertadores, o narrador Galvão Bueno soltou o verbo contra o presidente alvinegro Andrés Sanchez.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

A crítica de Galvão foi por causa de uma entrevista de Sanchez em que ele afirmava que a Libertadores era a última prioridade do Corinthians, atrás da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. O narrador confessou que se segurou para não comentar o assunto durante a partida.

“Combinei comigo mesmo que só ia falar isso no fim do jogo qualquer que fosse o resultado. Se classificasse o Corinthians ou não. O presidente do Corinthians falou uma besteira tão gigantesca, tão sem tamanho. Os jogadores se aplicaram, se entregaram 110%, mas não podia nunca o presidente do Corinthians dizer que não está tão focado na Libertadores assim e que o foco é Copa do Brasil. Não pode falar isso”, atacou.

Revoltado, Galvão disse ainda que o discurso do presidente poderia ter influenciado a postura dos jogadores dentro do campo, mas não foi o caso. “Eu diria isso classificado ou não. Os jogadores poderiam se acomodar? Nunca. Quem veste a camisa do Corinthians sabe da responsabilidade que é. O time ganhou o jogo e não classificou. Faltou um gol. O presidente do Corinthians jamais poderia falar uma besteira tão gigantesca como essa que ele falou”, finalizou.

Durante participação no programa do Sportv “Troca de Passes”, Galvão lamentou dizendo que o Timão tinha tudo para conseguir a classificação para as quartas de final. “Teve tudo para classificar. Fez gol no início, tomou um gol bobo, mas fez outro gol no início do segundo tempo. Teve mais de 30 minutos para tentar fazer outro, mas não conseguiu”, disse.

Casagrande concordou e disse que o Corinthians fez um bom jogo, mas fez uma ressalva sobre a equipe de Osmar Loss. “O time é ajeitadinho, é organizado, é entrosado, mas é muito limitado”, afirmou.

Leia também:
– Funcionário demitido nega culpa no caso Sanchez
– PM critica Santos e chama Cuca de irresponsável
– Aos 35 anos, Richarlyson vira ‘capitão’ no crossfit

11 Reações

Leia também