Update privacy choices
Esportes

Besiktas não assina rescisão e acordo de Love com Santos mela

Yahoo Esportes
Peixe pagaria € 1,2mi ao Besiktas para ter o atacante em definitivo (Besiktas/Divulgação)

* Cuca não terá o sonhado camisa 9 com experiência no futebol brasileiro. Depois de horas de tensão e ansiedade, a negociação do Santos com o Besiktas por Vagner Love melou. A justificativa oficial é de que os turcos não assinaram a rescisão do contrato depois de todos os detalhes acertados.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O Peixe pagaria € 1,2 milhão (R$ 5,3 milhões) ao Besiktas para ficar com o centroavante. O presidente José Carlos Peres ainda topou desembolsar € 600 mil (R$ 2,6 milhões) de luvas para que Love recuperasse um dinheiro a que tinha direito dos tempos de Turquia – o Besiktas bancaria outros € 300 mil (R$ 1,3 milhão).

Foi aí que o negócio começou a encrespar. Tudo porque, de acordo com o Santos, Evandro Ferreira, empresário do brasileiro, entrou em contato para exigir mais € 300 mil do Peixe, alegando que os turcos teriam desistido de cumprir com sua parte. O Santos então ligou para o Besiktas e ouviu que essa versão era mentirosa.

“Foi então que o presidente do Besiktas desapareceu. Não conseguimos mais localizá-lo e o tempo foi passando, passando… até que fechou a janela e perdemos a chance de contratar o jogador”, explica um aliado de Peres – vale lembrar que o Peixe tinha até a 0h desta quinta-feira para inscrever qualquer reforço contratado do exterior.

O processo, ainda de acordo com o Santos, sofreu algum atraso por causa de divergências no Comitê de Gestão. Um dos membros, José Roberto, se mostrou radicalmente contrário à chegada de Love, que assinaria contrato até 2020 e teria salário na casa dos R$ 500 mil mensais.

Mais cedo, em contato com o Blog, Evandro Ferreira chegou a afirmar que “as coisas estão caminhando bem. O que pega nesse momento é que o Besiktas ainda não assinou a rescisão”. Agora, após o desacerto, ele voltou a pôr a culpa no presidente do clube turco, Fikret Orman.

Love havia sido comprado pelo Besiktas em janeiro por € 2 milhões (R$ 7,8 milhões na oportunidade). Depois de um começo arrasador, ele se contundiu e perdeu espaço. Na volta do time para a temporada 2018-2019, o atacante de 34 anos tem sido reserva – foram apenas 55 minutos em campo em quatro partidas.

Além de Love, o Santos passou as últimas horas conversando com Marcelo Moreno. A busca por um camisa 9 só não se encerrou na semana passada porque Cuca barrou a chegada de Marco Rubén, do Rosário Central. O treinador do Peixe exigia um atacante mais acostumado ao futebol brasileiro.

* atualizado à 0h14


Reações

Leia também