Update privacy choices
Esportes

Edmundo volta a bater boca com PVC na FOX: "Não deixa ninguém falar"

Yahoo Esportes
PVC e Edmundo durante programa da Fox Sports (Reprodução)

O ex-jogador comentarista Edmundo e o jornalista analista do FOX Sports Paulo Vinicius Coelho voltaram a bater boca ao vivo no FOX Sports, nesta segunda-feira (10). Dessa vez, o desentendimento se deu em um debate sobre média de público do Campeonato Brasileiro. O “Animal” não gostou da discordância do colega em relação à sua fala, acusou PVC de não deixá-lo falar e se rebelou durante o programa Expediente Futebol.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Confira toda a discussão:

Edmundo: “Acho que tem as facilidades. Eu sou nascido e criado no Rio e na minha casa não tinha televisão. Hoje, tem uma em cada cômodo, então pra mim é mais cômodo ligar a minha televisão, sentar ali, tomar uma cerveja e ver um jogo do que pegar o carro [e ir até o estádio]. E é tão caro quanto, porque eu tenho que comprar o pay-per-view, pagar uma TV fechada”, argumentou Edmundo.”

PVC: “Olha como quando a gente de público a gente roda entre os mitos, com todas as dificuldades que se tem pra ir, é difícil. [Mas] o fato novo é que há 31 anos não tinha tanta gente que ia ao estádio. Pera um pouquinho, o preço aumentou, a televisão transmite mais, eu tenho mais dificuldade, a violência tá na rua, o país tá em crise. Tudo isso todo ano vale, [mas] há 31 anos não tinha 18 mil de média.”

Edmundo: “Mas ô PVC, é que você tá fazendo uma conta de média e quem faz aumentar essa média são os clubes que estão com um poder aquisitivo maior, têm os seus estádios.”

PVC: “Mas todo ano é assim. Ano passado o Corinthians deu 40 mil de média.”

Edmundo: “Enfim, todo ano é assim, mas este ano tem um time a mais.”

PVC: “Qual time a mais?”

Edmundo: “O São Paulo, que no ano passado lutava para não cair e neste ano luta para ser campeão.”

PVC: “Mas no ano passado ele teve a melhor média.”

Edmundo: “Ano passado o Internacional tava na Série B.”

PVC: “Não, pera aí, você não entendeu.”

Edmundo: “Você tá tirando a média do todo, mas na verdade a média é tirada…”

PVC: “Não, eu tô pegando um caso particular.”

A partir daí, o ex-jogador comentarista se irritou e levantou a voz, protestando contra o jornalista da FOX. “Tá bom, PVC. Fala só você que é mais fácil, porque você não deixa ninguém falar.”

“Não, não é isso”, tentou colocar panos quentes PVC. Em vão.

“Você ficou falando meia hora, eu fiquei quieto. A hora que eu vou falar, você quer falar”, protestou Edmundo.

“Não, termina de falar. Depois eu…”, seguiu tentando acalmar os ânimos o jornalista.

Mas Edmundo continuou nervoso. “Não, não quero mais falar, porque sempre a última palavra é sua.”

E PVC voltou a argumentar: “Tá bom, vamos lá: são 33 mil pessoas de média de público do São Paulo no ano passado. Quando foi bicampeão brasileiro em 2007, eram 27 mil, tinha seis mil pessoas a menos no São Paulo, não era uma média total.”

“Mas por que o São Paulo aumentou a média dele? Porque começou a R$ 10”, rebateu Edmundo. “Aí começou a ser líder, começou a ter público, aumentou o ingresso. É lógico que vai tirar gente do estádio.”

“Mas não tirou, Edmundo, é isso que eu tô dizendo”, seguiu discordando PVC, enquanto Edmundo, por sua vez, em sua fala seguiu atribuindo às presenças do Internacional, de volta à Série A, e do São Paulo no topo da tabela, brigando pelo título, como fatores importantes para uma melhora na média de público do Brasileirão.

Leia mais:
–  Engenheiro boliviano afirma ter inventado o VAR em 2004
–  Apito Inicial #3: Gabigol artilheiro do Brasil?
–  Brasileiro coloca ciclismo no radar para Tóquio-2020

Reações

Leia também