Update privacy choices
Esportes

Veja as peças mais incríveis do maior museu de futebol do mundo

Yahoo Esportes

Veja as peças mais incríveis do maior museu de futebol do mundo

Camisa do gol “Mão de Deus”

Diego Armando Maradona protagonizou um dos maiores golaços da história das Copas ao enfileirar ingleses desde o meio de campo nas quartas de final do Mundial do México de 1986, onde a Argentina se sagrou bicampeã. Neste mesmo jogo, bem antes da Era VAR, eternizou o gol ilegal mais famoso dos Mundiais (Caio Carrieri)

Cadeiras originais do antigo Wembley

A abertura da casa do futebol inglês aconteceu em 1923. Palco das Olimpíadas de 1948 e da final da Copa de 1966, teve como público recorde 126.047 espectadores para a final da Copa da Inglaterra entre Bolton Wanderers e West Ham, no ano inaugural. Foi demolido totalmente em 2003 e reaberto quatro anos depois. A última exibição da seleção brasileira no estádio aconteceu em novembro de 2017, no empate sem gols com os ingleses (Caio Carrieri)

Bandeja encontrada nos escombros do acidente de avião do Manchester United

Em 6 de fevereiro de 1958, a aeronave que carregava o elenco dos Diabos Vermelhos caiu na terceira tentativa de decolagem em Munique, local de parada e abastecimento após a classificação para a semifinal da Copa dos Campeões da Europa (atual Liga dos Campeões) diante do Estrela Vermelha, na Sérvia. Bobby Charlton, considerado por muitos o melhor jogador inglês de todos os tempos, foi um dos sobreviventes do desastre (Caio Carrieri)

A mais antiga medalha de campeão da Copa da Inglaterra

Item do século XIX, da primeira edição, conquistada pelo Wanderers, em 1872 (Caio Carrieri)

Cartão com autógrafo dos jogadores do United antes da tragédia em Munique

Dos 38 passageiros, 23 morreram, sendo oito deles jogadores. Matt Busby, lendário treinador escocês, também resistiu à queda. Ele liderou a reconstrução do elenco que, dez anos depois do acidente, levou o United ao primeiro título da Copa dos Campeões da Europa, contra o Benfica, em Wembley. Dentre as diversas referências do United a Busby, há uma estátua em Old Trafford (Caio Carrieri)

Carta escrita à mão por George Best e enviada aos pais após a estreia no time profissional do Manchester United

O norte-irlandês iniciou em 14 de setembro de 1963 a trajetória que o levaria ao patamar de ídolo do gigante inglês. O West Bromwich Albion foi o adversário e saiu derrotado por 1 a 0 de Old Trafford. Campeão europeu em 1968, Best divide com Bobby Charlton e Denis Law o tridente que tem uma estátua conjunta no pátio principal da área externa do estádio do United (Caio Carrieri)

Primeira camisa do Pelé em Copas

Peça do uniforme vestido na estreia em Mundiais, no terceiro jogo da Copa de 1958, na Suécia, diante da União Soviética. O Brasil venceu por 2 a 0, com gols de Vavá. Pelé, então aos 17 anos, consagrou-se com grande atuação na final diante dos anfitriões – marcou duas vezes na goleada por 5 a 2 (Caio Carrieri)

Fachada do Museu

A fachada do National Football Museum (Caio Carrieri)

Passaporte de Pelé entre 1960-62 e Medalha da Copa de 1962

Documento histórico do Rei, do período em que realizou diversas viagens com o Santos e a seleção brasileira. Destaque para as especificações do estado civil como “solteiro”, o rosto descrito como “oval” e a cor dos olhos e cabelos como “castanhos”.
Premiação pelo título no Chile. O astro do Santos, porém, teve de abandonar o torneio por conta de uma lesão muscular ainda na segunda partida, um 0 a 0 com a Tchecoslováquia. Amarildo substituiu o craque e se destacou ao lado de Garrincha e cia (Caio Carrieri)

Taça original da Copa da Inglaterra entre 1896 e 1910

Disputada desde a temporada 1871-72, o torneio de mata-mata é o mais antigo da história do futebol. O Wanderers, de Londres, foi o primeiro campeão, e o Arsenal, outro londrino, ostenta o status de maior vencedor, com 13 conquistas – sete delas sob o comando de Arsène Wenger (Caio Carrieri)

Reações

Leia também