América sai do Azteca e vai para o estádio do Cruz Azul

America deve sair do Estádio Azteca para reforma visando a Copa do Mundo de 2026. Foto: Hector Vivas/Getty Images
America deve sair do Estádio Azteca para reforma visando a Copa do Mundo de 2026. Foto: Hector Vivas/Getty Images

O novo presidente operacional do América, Héctor González Iñárritu, confirmou que ao final do próximo torneio da Mx League, o Apertura 2022, a equipe azulcrema deixará de jogar no Estádio Azteca, para fazer uma transferência temporária para o Azulgrana, casa do Cruz Azul, na Cidade do México.

Em entrevista ao portal mediotiempo.com, González Iñárritu confirmou o exposto, devido às reformas que serão feitas em um dos estádios mais emblemáticos do futebol mundial para receber adequadamente a Copa do Mundo de 2026.

Leia também:

"A data exata de fechamento (do estádio) está sendo analisada em conjunto com as construtoras. O certo é que o Estádio Azteca será reformado para a Copa do Mundo de 2026, mas a data de fechamento não está clara. Em algumas semanas estaremos saber quando a construção começa", disse o cartola.

"Em princípio, temos tudo para jogar no Estádio Azul (Azulgrana). É um fato e terá tudo para jogar lá, terá tudo o que a Primeira Divisão e a Liga MX exigem", acrescentou Iñárritu, que vive um segunda etapa com o grupo americanista, após ter sido vice-presidente da instituição entre 1999 e 2004.

Dentro das reformas de modernização do Azteca, está prevista a construção de um shopping center de quatro andares em um lado do estádio, com sete níveis de estacionamento, além de um hotel de sete andares.

O estádio Azteca se prepararia assim para receber sua terceira Copa do Mundo, depois das realizadas no país em 1970 e 1986, embora a de 2026 o faça em conjunto com Estados Unidos e Canadá.

Ao longo da história, o estádio também foi palco de grandes shows como Michael Jackson em 1993, que lotou cinco apresentações no local.

Outros grandes concertos aconteceram por lá, com destaque para a banda irlandesa U2, além de Elton John e Shakira que também fizeram parte da história do estádio, assim como uma missa celebrada pelo Papa João Paulo II.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos