Allan Jesus diz que Luva de Pedreiro tinha R$ 2,2 milhões a receber: 'Nunca faltou nada para ele'

Iran Ferreira e Allan Jesus vivem imbróglio na Justiça (Foto: Reprodução/Internet)


As polêmicas da relação entre o influenciador Luva de Pedreiro e o ex-empresário Allan Jesus ganharam novos capítulos neste domingo. Em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, da Record, o ex-agente de Iran Ferreira se defendeu das acusações e apresentou nova versão da história.

+ Luva de Pedreiro revela que foi intimado pela Justiça em retorno ao Brasil: 'Nunca esperei isso'

- Tenho vivido dias de terror, estou andando com medo nas ruas, minha família, meus filhos. Eu nunca censurei, foi uma medida desesperada, porque eu vinha sendo ameaçado constantemente. E me coube naquele momento buscar ajuda - começou o ex-empresário do Luva de Pedreiro.

Na última semana, o jornalista exibiria a entrevista que foi ao ar neste domingo com Luva de Pedreiro, mas, por causa de uma liminar conseguida por Allan Jesus na Justiça, o repórter não pôde exibir o material previamente. Em documentos mostrados durante a entrevista, Allan Jesus revelou contratos fechados para o influenciador. Os valores totais que ainda seriam pagos a Luva de Pedreiro ultrapassam os R$ 2 milhões.

+ Luva de Pedreiro desabafa após liminar de ex-empresário: 'Quem está com medo é porque deve'

Luva de Pedreiro afirmou em entrevista ao jornalista, que Allan Jesus o proibia de sair às ruas e jogar bola com amigos, o que foi negado pelo empresário. Na sequência, o influenciador afirma que o ex-empresário se aproveitou da ingenuidade e foi enganado por Allan, algo novamente rechaçado pelo agente.

- Novamente ataques contra mim, contra minha pessoa. Nunca aprisionei o Iran, como pode se ele estava na Bahia com a família dele. Ele sempre pôde fazer o que quis. Nunca mandei nada. O que existia eram orientações para uma pessoa pública - comentou.

+ Entenda todo o conflito entre Luva de Pedreiro e o empresário Allan Jesus

- Nunca me aproveitei da ingenuidade dele. Ninguém cresce na internet tanto como ele cresceu, sendo 100% ingênuo. Eu decidi trabalhar com ele porque eu acreditava muito no potencial dele, porque eu tinha certeza que ele poderia fazer tudo aquilo que eu imaginava - completou.

Ao fim da entrevista com o jornalista, Allan Jesus revelou um áudio que mandou para o pai de Iran Ferreira, onde explica como funcionaria a parceria com o agente. Na sequência, o empresário fala sobre como foi a assinatura do contrato com Luva de Pedreiro.

+ Juíza que atuava em processo de Luva de Pedreiro contra Allan Jesus deixa o caso

- Tudo que a gente ganhar de dinheiro será repassado para vocês será repassado para vocês, a metade de tudo. Vocês não vão precisar gastar com nada, não vão prestar contas. Vou dizer para vocês o quando entrou e quanto saiu - trouxe o áudio de Allan ao pai do influenciador.

- Quando assinamos esse contrato estávamos eu, ele, o pai dele e a mãe dele. Eu li o contrato para ele. O Iran constituiu uma advogada um mês depois. Essa advogada teve acesso ao contrato e em nenhum momento todas essas acusações dele foram colocadas em cheque. Nossos contratos ainda não foram pagos e para ele nunca faltou nada - disse Allan.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos