Alex Poatan fala sobre chance pelo cinturão do UFC e analisa Sean Strickland: “é um cara perigoso”

Poatan vai em busca de sua terceira vitória no UFC, que pode lhe render uma chance ao cinturão (Foto: divulgação)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Ex-campeão do Glory em duas categorias, a lenda do Kickboxing Alex “Poatan” Pereira fará a sua terceira apresentação no maior evento de MMA do mundo contra o americano Sean Strickland no UFC 277, que acontece no dia 30 de julho, em Las Vegas. Apesar das grandes vitórias nas duas primeiras lutas na organização, o brasileiro ainda não figura no top 15 do ranking da categoria peso-médio. No entanto, uma vitória contra Strickland, quarto colocado na divisão, poderá colocá-lo bem próximo de uma disputa de cinturão.

“Está tudo certo já. O vencedor dessa luta vai disputar o cinturão. O meu manager já soltou isso em primeira mão… Sobre o Strickland, ele é um cara perigoso. Ele vem de seis vitórias consecutivas. A última derrota dele foi em outra categoria. Preciso ficar esperto, tomar cuidado, pois ele é um cara agressivo. Ele anda para frente o tempo todo… Mas acho que vai ser difícil ele me encontrar como aconteceu com os seus oponentes anteriores”, analisou Poatan em entrevista do podcast MMA Hoje.

Parceiro de treinos do campeão Glover Teixeira, que defende o cinturão dos meio-pesados este final de semana contra Jiri Prochazka no UFC 275, Poatan vem embalado de duas grandes vitórias no UFC. Em sua estreia derrotou Andreas Michailidis por nocaute técnico no segundo round e na luta seguinte venceu o compatriota Bruno Blindado por decisão unânime dos jurados. O paulista falou sobre as duas apresentações na organização e questionou quem ainda acredita que ele precisa ser testado antes de disputar o cinturão.

“Toda luta vai ser um teste. Foi assim com o (Andreas) Michailidis… “Agora vai pegar um cara da luta agarrada”. Aí eu venci da forma que todo mundo viu. Depois as mesmas pessoas disseram que eu não peguei ninguém: “agora é o Blindado, agora é diferente, um cara que foi campeão na Rússia, onde todo mundo tem dificuldade, que tem três vitórias por nocaute no UFC…”. Fiz um lutão com ele, deu trabalho demais, foi muito difícil, mas saí com a vitória. E as pessoas agora estão falando que eu terei uma prova de verdade contra o Strickland. Não dá para entender”, questionou Poatan.

Alex Poatan, de 34 anos, possui apenas seis lutas no MMA, com cinco vitórias e apenas uma derrota. Apesar da curta carreira no MMA, Poatan chegou ao UFC ostentando em seu cartel uma vitória por nocaute nas regras do Kickboxing sobre o atual campeão dos médios da organização, Israel Adesanya. Além disso, ele impressionou bastante o presidente do UFC Dana White, e por isso uma vitória poderá colocá-lo frente a frente contra o vencedor do duelo entre Israel Adesanya e Jared Cannonier, que vão se enfrentar no mesmo evento.

A entrevista completa, onde Alex Poatan analisa as suas performances no UFC, fala sobre o seu próximo compromisso contra o americano Sean Strickland, entre outros assuntos, já está no ar. O programa, que é comandado por Raphael Auad, está disponível no YouTube do canal MMA Hoje (https://www.youtube.com/c/MMAHoje), no Spotify (https://open.spotify.com/show/6a9AVLu1KnO4gqPHiHco2w) e nas principais plataformas de Podcast.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos