Alcaraz vira batalha, vai à final do US Open e busca o título e Nº 1

USTA


A final do US Open será entre tenistas que nunca venceram um Grand Slam e ambos estarão em disputa direta pelo número 1. Após Casper Ruud garantir vaga, o espanhol Carlos Alcaraz confirmou favoritismo na noite desta sexta-feira em uma batalha.

O espanhol derrotou o algoz de Rafael Nadal, o americano Frances Tiafoe, 26º colocado, por 3 sets a 2 com parciais de 6/7 (8/6) 6/3 6/1 6/7 (7/5) 6/3 após 4h18min de duração na quadra central Arthur Ashe.

Depois da dura vitória no primeiro set super disputado, Tiafoe acabou com a gasolina, levou uma quebra no segundo, deu algum trabalho na devolução, mas caiu. No terceiro set sua energia abaixou e o espanhol dominou as ações. No terceiro Alcaraz abriu 2 a 0, Tiafoe devolveu a quebra, o público se levantou, mas o espanhol tornou a quebrar e abriu 3 a 1. Mas o americano se reergueu, igualou o jogo e foi salvar um match-point no 4/5 em uma deixada corajosa.

Ele ganhou ânimo, levou ao tie-break e venceu no detalhe para delírio do público. Sentou no banco fazendo a expressão popular de Cristiano Ronaldo com os dizeres "estou aqui", em inglês.

No quinto set o espanhol saiu quebrando, sofreu o empate em 2 a 2, mas Frances deu dupla-falta para perder o serviço novamente. Carlitos seguiu confirmando e foi pra cima com bolas incríveis. Chegou ao triplo match-point com lob na linha e aproveitou a última e quarta chance no jogo.

No domingo, às 17h, ele enfrenta o norueguês Casper Ruud que venceu Karen Khachanov em quatro sets. O duelo vai definir um novo campeão de slam e novo número 1 no tênis. Rafael Nadal será o terceiro colocado.