Alcaraz bate Sinner em duelo de mais de 5h e vai à semifinal de US Open

No jogo que terminou mais tarde na história do US Open, o espanhol Carlos Alcaraz venceu nesta quinta-feira o italiano Jannik Sinner e se classificou pela primeira vez na carreira a uma semifinal de Grand Slam, com chances de se tornar número 1 do mundo na próxima semana.

Alcaraz, de 19 anos, fechou o jogo em 3 sets a 2, com parciais de 6-3, 6-7 (7/9), 6-7 (0/7), 7-5 e 6-3, em uma batalha de cinco horas e 14 minutos que terminou às 2h50 da madrugada em Nova York (3h50 no horário de Brasília).

Apesar do cansaço e da duração do jogo, os dois jogadores continuaram incansavelmente a bater, a correr, a devolver bolas que pareciam inalcançáveis e subir até a rede para disputar ponto a ponto uma vaga nas semifinais.

O próximo adversário de Alcaraz será o americano Frances Tiafoe, que eliminou ninguém menos que Rafael Nadal nas oitavas e passou pelo russo Andrey Rublev nas quartas.

"Frances venceu o Rafa, o Rublev. Ele está muito confiante, vai ser muito difícil. Mas quero aproveitar este momento, da minha primeira classificação para as semis", comemorou o espanhol depois da vitória.

Além de vingar seu ídolo Nadal, uma vitória de Alcaraz sobre Tiafoe irá lhe garantir a liderança do ranking da ATP se o outro candidato ao posto, o norueguês Casper Ruud, for derrotado na outra semifinal, contra o russo Karen Khachanov.

Caso Alcaraz e Ruud cheguem à decisão, o campeão será o novo número 1 do mundo. Se os dois forem eliminados nas semis, quem volta ao topo é Rafael Nadal.

gbv/avl/cb