Alcaraz é o segundo mais jovem finalista do US Open na história

USTA


Carlos Alcaraz segue batendo marcas precoces no tênis e, na madrugada deste sábado, garantiu mais uma com sua vaga inédita na final de um Grand Slam, no US Open, se tornando o segundo mais jovem na história na decisão do evento. Ele bateu o o americano Frances Tiafoe e agora encara Casper Ruud na decisão.

O espanhol de 19 anos e quatro meses só fica atrás do americano Pete Sampras que atingiu a decisão aos 19 anos e 28 dias em 1990.

O sueco Bjorn Borg é o terceiro com 20 anos, três meses e seis dias em 1976, Novak Djokovic o quarto com 20 anos, três meses e dezoito dias em 2007 e Andre Agassi com 20 anos e quatro meses em 1990.