Alcaraz é campeão do US Open e se torna número 1 mais jovem do tênis masculino

O tenista espanhol Carlos Alcaraz derrotou neste domingo o norueguês Casper Ruud na final do US Open e de uma só vez conquistou seu primeiro título de Grand Slam e se tornou o número 1 mais jovem da história do tênis masculino.

Alcaraz, de 19 anos e quatro meses, fechou o jogo em 3 sets a 1, com parciais de 6-4, 2-6, 7-6 (7/1) e 6-3, em três horas e 20 minutos de uma eletrizante final no Arthur Ashe Stadium, de onde ambos os tenistas poderiam ter saído com seu primeiro troféu de Major e na liderança do ranking da ATP.

O espanhol, que salvou dois set points de Ruud no terceiro set, é também o campeão de Grand Slam mais jovem desde que seu compatriota e ídolo Rafael Nadal venceu Roland Garros em 2005.

"Felicidades Carlos Alcaraz por seu primeiro Grand Slam e pelo número 1 que carimba sua primeira grande temporada, que estou certo de que serão muitas mais", parabenizou Nadal em sua conta no Twitter.

Assim que fechou o jogo, Alcaraz desabou na quadra e, em lágrimas, foi correndo até seu box para abraçar seu pai, Carlos, e seu treinador, o ex-tenista Juan Carlos Ferrero.

"É algo que sonhei desde que era menino. Ser número 1 do mundo, ser campeão de um Grand Slam", disse o espanhol depois da partida.

Alcaraz realizou seu sonho duplo em uma extenuante final na qual se sobrepôs ao alto nível de Ruud, vice-campeão de Roland Garros, e à fadiga de duas semanas em que foi o jogador com mais tempo em quadra em um Grand Slam.

"Estou um pouco cansado, mas sempre digo que uma final de um Grand Slam ou um torneio não é momento de estar cansado", ressaltou. "Tem que dar tudo na quadra. É algo que trabalhei muito para conseguir e não é o momento para estar cansado".

Antes de receber o cheque de US$ 2,6 milhões para o campeão e o troféu das mãos do ex-tenista americano John McEnroe, Alcaraz agradeceu ao público de Nova York pelo apoio e prestou solidariedade à cidade em lembrança ao 21º aniversário dos atentados de 2001.

"Sei que é um dia especial para todos. Meus pensamentos estão com todos vocês", afirmou.

Desde a criação do ranking da ATP, em 1973, Alcaraz é o 28º jogador a alcançar o topo e o quarto espanhol, depois de Nadal, Carlos Moyá e Ferrero.

Antes dele, o número 1 do mundo mais jovem era o australiano Leyton Hewitt, na temporada 2001, aos 20 anos e nove meses.

gbv/gfe/cb