Ala dos Timberwolves é preso no aeroporto de Miami

Considerado fugitivo no estado do Texas, Taurean Prince foi preso no Aeroporto Internacional de Miami. Foto: David Berding/Getty Images
Considerado fugitivo no estado do Texas, Taurean Prince foi preso no Aeroporto Internacional de Miami. Foto: David Berding/Getty Images

Taurean Prince foi preso nesta quinta-feira (25) no Aeroporto Internacional de Miami. O jogador do Minnesota Timberwolves, de 28 anos, tinha um mandado de prisão e era considerado fugitivo no estado do Texas.

Prince, nascido em San Antonio e ex-jogador da Baylor University (Texas), foi admitido no Centro Correcional Turner Guilford Knight.

Leia também:

As acusações que o jogador enfrenta não foram especificadas, mas alguns meios de comunicação informaram que a ordem está relacionada a uma questão de drogas durante um controle de tráfego.

Após o incidente, os Timberwolves emitiram uma declaração pública: "Estamos cientes do suposto relatório sobre o Taurean Prince e estamos reunindo mais informações", informou.

O ala defendeu os Wolves na última temporada. É seu quarto time na NBA depois de ter sido draftado pelos Hawks, passando pelos Nets e Cavaliers.

Sendo a 12ª escolha geral no draft da NBA de 2016, Prince passou alguns anos como titular frequente, mas agora sai principalmente do banco. Em seis temporadas da NBA, ele nunca chegou a ser protagonista e teve uma média de 10,5 pontos e 3,9 rebotes por jogo, enquanto arremessou 41,6% de campo e 37,1% do perímetro.

Recentemente o jogador assinou uma extensão de contrato de dois anos com o Minnesota por US$ 16 milhões (quase 82 milhões de reais).

Pela seleção dos Estados Unidos, ele disputou os Jogos Pan-Americanos de 2015 em Toronto, onde conquistou a medalha de bronze, numa campanha sem muito brilho do time que era liderado por Bobby Brown e Anthony Randolph.