Além da festa: Fluminense confirma boa fase e mostra que pode brigar por voos maiores no Brasileirão

Jogadores do elenco do Fluminense exaltaram qualidades de Fred (Divulgação/Fluminense)


A noite era toda de Fred, mas em campo houve uma partida que valia (e muito). Com a vitória sobre o Ceará, o Fluminense chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro e está a dois pontos do Palmeiras - que ainda jogará, vale ressaltar. O resultado colocou a equipe comandada por Fernando Diniz em uma posição privilegiada e mostrou que o time pode, sim, brigar por voos maiores.

Talvez não tenha sido a melhor atuação do Tricolor sob o comando do treinador, mas foi suficiente. Provavelmente pela questão envolvendo a festa, o Fluminense sofreu na parte defensiva: o Ceará obrigou Fábio a fazer, no mínimo, duas grandes defesas. O Vozão também ensaiou uma pressão no fim, mas o gol no fim do jogo não jogou água no chopp.

Ofensivamente, o time seguiu o padrão. Passes rápidos, movimentações e trocas de posições entre os jogadores. Jhon Arias e Matheus Martins praticamente não tinham posição fixa. A ultrapassagem dos laterais era fundamental - por vezes, Samuel Xavier e Caio Paulista atacavam ao mesmo tempo.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

​Muito além de ônus ou bônus, o mais importante é a fase positiva que vive o Tricolor. São quatro vitórias seguidas, vice-liderança e a sensação de que a equipe não deve parar por aí.

Se vai ser título, Libertadores ou algo mais, apenas o tempo vai dizer. Mas o time joga, tem uma um estilo definido de atuação e os resultados estão aparecendo. A tabela indica um Tricolor brigando pelos lugares mais altos e o Fluminense chega para sonhar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos