Ainda com mistério sobre Rony, Palmeiras finaliza preparação para pegar o Atlético-MG

Palmeiras fez seu último treino antes de viajar para Belo Horizonte (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras treinou nesta terça-feira, na Academia de Futebol, e finalizou a preparação para o duelo com o Atlético-MG, nesta quarta, às 21h30, no Mineirão, pela partida de ida das quartas de final da Libertadores. A manhã de sol teve atividades técnicas, táticas e recreativas. A dúvida fica por conta da presença de Rony no jogo.

GALERIA
> Relembre a invencibilidade fora de casa do Palmeiras na Liberta

TABELA
> Veja tabela da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Após o aquecimento, os jogadores foram divididos em dois grupos para um trabalho de linha de fundo com cruzamentos e finalizações. Depois, em campo reduzido, participaram de um animado recreativo.

Para fechar, o técnico Abel Ferreira passou orientações táticas de posicionamento e o time ensaiou jogadas de bola parada defensivas e ofensivas. Ao todo, foram três dias de treinos de preparação.

O que ainda não ficou esclarecido é se Rony irá viajar para Belo Horizonte ou não. Na última segunda-feira ele apareceu trabalhando com os companheiros depois de se recuperar de lesão na coxa esquerda. O Alviverde, porém, prefere usar o recurso do mistério.

Um provável Palmeiras para esta quarta-feira é: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu, Gustavo Scarpa e López (Rony).

Apesar da diminuição dos casos de Covid-19 e da flexibilização das medidas de restrição por conta da pandemia, o Verdão ainda não liberou a presença de jornalistas nos treinamentos. Assim, as informações são fornecidas pela assessoria de imprensa do clube.

Elenco palmeirense almoça no CT e depois viaja para Belo Horizonte, local da partida, e chega na capital mineira no meio da tarde

Na primeira fase, o Palmeiras protagonizou a melhor campanha da história da Libertadores, com seis vitórias em seis jogos, 25 gols marcados e apenas três sofridos. Nas oitavas, o Alviverde venceu o Cerro Porteño-PAR duas vezes (3 a 0 no Paraguai e 5 a 0 no Allianz).

O clube tem o recorde da maior sequência invicta atuando como visitante na história da competição, com 19 jogos seguidos sem derrota neste cenário (14 vitórias e cinco empates).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos