'Aflito, mas nunca derrotado': Luan mostra evolução e empenho em tratamento de lesão no São Paulo

Luan já está em boas condições, mas ainda não é opção de Ceni (Foto: Erico Leonan / saopaulofc)


Na última terça-feira (20), mesmo que a maior parte do elenco do São Paulo estivesse de folga, Luan esteve presente junto a alguns companheiros de equipe para realizar treinamentos no CT da Barra Funda.

Galeria
> ATUAÇÕES: Calleri volta a marcar, e Bustos “desencanta” em vitória do São Paulo

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

O jogador está afastado dos gramados desde junho. É fato que as duas últimas temporadas não foram de bom grado para o atleta. Isso tudo porque enfrentou um tratamento complicado de uma lesão complexa de lidar.

Em outubro do ano passado, quando Rogério Ceni havia acabado de assumir o posto de treinador e se preparava para ministrar seu primeiro treinamento, foi diagnosticado com uma avulsão tendínea no músculo adutor da coxa esquerda. A lesão é rara e, explicada em poucas palavras, é quando o músculo se desloca do osso.

O longo tratamento durou cerca de seis meses, mas na época, não precisou recorrer a procedimentos cirúrgicos. Luan voltou a ganhar alguns minutos nos primeiros jogos da Copa Sul-Americana. Sua estreia no Campeonato Brasileiro, portanto, aconteceu somente na décima rodada, contra o Coritiba no Couto Pereira. Na ocasião, foi escalado como primeiro volante.

Com apenas nove jogos nesta temporada e 379 minutos em campo, contra o América-MG em junho, pelo Campeonato Brasileiro, voltou a sentir dores e deixou a partida de maca. Novamente, foi constatado o mesmo problema. Desta vez, não houve saída. O encaminhamento do Departamento Médico do clube foi cirúrgico.

Afastado desde então, ainda nesta terça-feira (20), Luan publicou em suas redes sociais uma frase de motivação, junto a símbolos que remetem ao futebol.

Posso até estar aflito, mas nunca derrotado - escreveu.

A junção da mensagem com as imagens no treino mesmo em dia de folga demonstram a evolução e empenho do jogador. De acordo com informações apuradas pelo LANCE!, Luan está bastante focado nos treinos, já realizando atividades com o restante do grupo. O L! ainda levantou que apresenta condições físicas boas, mas ainda não está sendo utilizado por Rogério Ceni. Até o momento, não há prazo de retorno aos gramados.

Como ainda não há a certeza de voltar nesta temporada, mesmo com a evolução, o jogador não deve ser opção para um dos jogos mais especiais do ano para o São Paulo. No dia primeiro de outubro, o Tricolor enfrenta o Independiente Del Valle pela final da Copa Sul-Americana, em busca de romper um jejum de dez anos sem um título internacional.

Veja postagem do jogador nas redes sociais: