Renato Gaúcho analisa luta de Grêmio e Cruzeiro para voltar à elite e critica nível da Série B

Renato Gaúcho espera que Grêmio e Cruzeiro tenham 'aprendido a lição' com rebaixamento (Lucas Uebel/Grêmio)


Grêmio e Cruzeiro medem forças no próximo domingo, pela Série B. Ídolo do Imortal e também ex-jogador da Raposa, o técnico Renato Gaúcho confia que ambos os times voltarão à elite ao fim da temporada. Em entrevista ao Correio do Povo, o treinador analisou o desempenho das equipes e criticou o nível da Série B.

>Histórico de confusão: Kylian Mbappé já foi expulso de treino

Renato espera, porém, que Grêmio e Cruzeiro tenham "aprendido a lição".

- Ano que vem, vão estar na primeira divisão, sem dúvida alguma. Mas espero que tenham aprendido. Com os erros a gente aprende, espero que tenham aprendido para que não voltem para a segunda divisão. Subir eles vão, até porque a segunda divisão está muito fraca, mas muito fraca mesmo, eu tenho acompanhado alguns jogos - disse Renato, que não prevê mudanças no grupo dos times que conquistarão acesso à elite.

- Muito difícil os primeiros quatro perderam a vaga para a primeira divisão. Não acredito que algum clube tire a vaga deles. É bom pro futebol brasileiro, clube grande, grandes torcidas precisam estar na primeira divisão. Espero que tenham aprendido a lição - completou.

Renato é ídolo no Grêmio, mas também teve passagem marcante pelo Cruzeiro.

- Joguei quatro meses e meio no Cruzeiro, ganhei dois títulos, é um clube muito grande, como o Grêmio também é. Triste ver essas duas potências, com essas duas grandes torcidas estarem na série B, mas quando as coisas não andam bem no clube, a conta chega e infelizmente chegou a conta, tanto para o Grêmio, quanto para o Cruzeiro. Dois clubes multicampeões, que ninguém imaginaria estar na segunda divisão - comentou.

A partida em questão colocará, frente a frente, o líder isolado da competição que soma 53 pontos, caso do Cruzeiro, enquanto o Grêmio está em terceiro lugar, com 43.

Em caso de triunfo gremista, além de diminuir a distância para o ponteiro da competição, a equipe dirigida por Roger Machado assume a vice-liderança, já que o atual ocupante do posto, o Bahia, já jogou na rodada e empatou em 1 a 1 com o Londrina.