Adriano Imperador explica origem de bordões na internet: 'Apertei sem querer'

Adriano Imperador popularizou alguns bordões nas redes sociais (Foto: Divulgação/Inter de Milão)


Aposentado dos gramados desde 2016, Adriano Imperador tem roubado a cena nas redes sociais nos últimos anos. O ex-jogador do Flamengo popularizou alguns bordões, como "Morde as Costas", "Nem cavalo aguenta" e "Habib és", um dos mais famosos e irreverentes.

+ Allan Jesus rebate questionamentos de Casimiro sobre Luva de Pedreiro

- O "Danone" é da minha comunidade. O "Morde as Costas" também, foi um amigo do meu pai, o Zelão, que falava. Ele que dizia também o "Nem cavalo aguenta". Não sei de onde ele tirava essas coisas, mas cresci ouvindo aquilo e aí fiquei falando - disse Adriano, durante o "PodPah".

+ Neto defende Gabriel Veron, do Palmeiras, após vídeo na balada: 'Quem somos nós para julgar?'

- O "Habib és" foi outra coisa. Eu ia escrever um "rs", aí apertei sem querer o corretor, que colocou um "és". Daqui a pouco, todo mundo me mandando mensagem perguntando o que era aquilo, aí acabou pegando, ficou. O "Habib" é lá das Arábias, quando eu fui pra lá. Significa carinho - completou.

+ Ex-jogador do São Paulo dispara sobre Daniel Alves: 'Por onde passa não deixa saudade'

Revelado pelo Flamengo, Adriano passou por grandes clubes, como Internazionale, Roma, Fiorentina, Corinthians e São Paulo. O ex-jogador de 40 anos também somou passagem pela Seleção Brasileira e foi o autor do histórico gol contra a Argentina na final da Copa América de 2004.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos