Acordo entre Coritiba e Norwich é elogiado por especialistas

Acordo tem itens que vão além do esportivo (Divulgação/Coritiba)


Saindo do comum, o Coritiba anunciou uma parceria internacional com o Norwich no início deste mês. Segundo o comunicado oficial do Coxa, a relação entre os dois clubes será trabalhada de maneira estratégica, integrando o departamento de futebol e o de marketing e comunicação.

>LANCE! mostra a lista dos dez jogadores mais valiosos do mundo

Na opinião dos especialistas, esse projeto evidencia a busca dos clubes brasileiros pela profissionalização na área de gestão. E os times europeus podem servir como um espelho, sobretudo aqueles que disputam as principais ligas do futebol mundial, como é o caso do Norwich, que até a temporada passada estava disputando a Premier League.

Para Armênio Neto, especialista em negócios no esporte, o Brasil vive um momento de transformação na indústria do futebol em que a estruturação dentro e fora de campo é fundamental.

- Buscar e trocar conhecimento com times onde a indústria está mais desenvolvida é parte disso. Não importa se o clube é uma SAF ou não, é preciso se aperfeiçoar e evoluir nos processos e governança, seja para atrair investimento ou ser competitivo em um cenário cada vez mais exigente - acrescenta Armênio.

Bernardo Pontes, especialista em marketing esportivo, acredita que essa aproximação pode trazer novos insights para todas as áreas de gestão do clube. Porém, ele também destaca a importância de adquirir conhecimento e elaborar uma estratégia que torne viável a implementação dessas melhorias no cotidiano da equipe brasileira:

- Além da troca de informações, essas parcerias podem contribuir para a internacionalização da marca. Trata-se de um trabalho a longo prazo, que necessita de planejamento e constante aperfeiçoamento. É um movimento que tende a crescer, porque os clubes estão vendo que ainda há um mercado a ser explorado em outros países.

Além dessa integração com o Departamento de Marketing, o Coritiba também pretende enviar jogadores da base em programas de intercâmbio para a Inglaterra nos próximos anos. Júnior Chávare, diretor de futebol com larga experiência em captação de atletas com passagens por Atlético-MG, São Paulo e Grêmio, destaca o diferencial dessa parceria:

- É importante perceber conceitos estando inserido dentro de um clube, sobretudo no futebol inglês, em que as equipes conseguem prevalecer através do profissionalismo. Nesse caso, é uma oportunidade de, efetivamente, conseguir transformar informação em conhecimento. Isso não apenas nas questões táticas e técnicas, mas também nas áreas de fisiologia, nutrição, entre outras. Os dois clubes tendem a ganhar com esta troca de informações e conhecimento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos