Árbitro de Vasco x Chapecoense justifica expulsão de Nene e relata garrafa atirada no gramado


A arbitragem do duelo entre Vasco e Chapecoense, no último domingo, desagradou bastante aos donos da casa. As decisões do grupo comandado por Douglas Marques das Flores (SP) irritaram principalmente os jogadores do Cruz-Maltino. E, na súmula, também houve registros.

+ 40 anos da Tragédia do Sarriá: lembre seleções históricas que não levantaram taças

O árbitro justificou a expulsão de Nene com as palavras proferidas pelo meia-atacante do Vasco. O documento diz: "Após ser advertido com cartão amarelo por ter cometido uma falta temerária no seu adversário, o mesmo imediatamente protestou acintosamente com gestos e proferindo as seguintes palavras: "Foi a primeira minha, c***, p***. Calma é o c***, foi a primeira."

Pelo relato, o preparador físico do Vasco, Daniel Félix, também foi expulso pela forma como reclamou: "Por protestar de forma acintosa contra a decisão da arbitragem proferindo as seguintes palavras 'vai tomar no c***, tá de sacanagem.'"

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Por conta dos cartões vermelhos que receberam, Daniel e Nene estão suspensos do jogo contra a Ponte Preta, na semana que vem. Mas é possível que o Vasco sofra alguma sanção por uma outra observação registrada: "Informo que, aos 43 minutos do segundo tempo, foi lançada uma garrafa de água na direção do assistente de número 1, o sr Evandro de Melo Lima. Não o atingiu, vinda da torcida do Vasco da Gama."

Súmula Vasco x Chapecoense
Súmula Vasco x Chapecoense

Súmula relatou palavrões em Vasco x Chape (Foto: Reprodução/CBF)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos